Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/7711
Title: O envelhecer e a morte: sob o olhar dos idosos.
Other Titles: Aging and death: under the eyes of the elderly.
???metadata.dc.creator???: ABREU, Rômulo Alexandre de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SANTOS, Romércia Batista dos.
???metadata.dc.contributor.referee1???: NASCIMENTO, Aissa Romina Silva do.
???metadata.dc.contributor.referee2???: CASTRO , Anúbes Pereira de.
Keywords: Envelhecimento e morte;Morte na visão dos idosos;Morrer;Aging and Death;Death in the Elderly's Vision;Die
Issue Date: 24-May-2016
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: ABREU, Rômulo Alexandre de. O envelhecer e a morte: sob o olhar dos idosos. 2016. 64f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Centro de Formação de Professores, Universidade Federal de Campina Grande, Cajazeiras, Paraíba, Brasil, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: O processo de envelhecimento acontece de forma individual, produzindo impactos psicológicos, biológicos, sociais, econômicos. Dessa forma, a percepção do envelhecimento é própria do indivíduo, e está relacionada às experiências vividas e como a mesma é encarada pelo sujeito que vivencia. A complexidade, a dificuldade de aceitação e a proibição em se discutir a finitude da vida dificultam a elaboração do medo da morte e do processo de morrer, tanto no âmbito individual quanto no familiar. Considerando a dificuldade em tratar a respeito da finitude, em especial com os idosos, a presente pesquisa buscou analisar a percepção de idosos sobre o processo de envelhecimento e a sua relação com a morte e o morrer, como lidam com essas alterações e as atitudes manifestadas diante desses fatos e mais especificamente compreender sobre a concepção do envelhecimento e da morte para o idoso; identificar como os idosos lidam com as alterações do envelhecimento e qual sua relação com a morte e o morrer; relacionar as atitudes manifestadas diante o envelhecimento e a morte; identificar os vários significados da morte para o idoso. Trata-se de um estudo descritivo exploratório de cunho quanti-qualitativo. O campo de estudo específico desta pesquisa foi em um ambiente de convivência de idosos da cidade de Cajazeiras/PB Grupo da Pastoral do Idoso da Paróquia São João Bosco - GPI. A amostra foi composta por 20 sujeitos, com idade de 60 anos ou mais, em condições de se comunicar verbalmente, sem características demenciantes ou transtornos mentais, participar do grupo de convivência há pelo menos seis meses, serem capazes de entender o objetivo da pesquisa e aceitar participar do estudo. A amostragem foi do tipo não probabilística, por conveniência, cujos elementos da amostra foram escolhidos por serem os mais acessíveis ou fáceis de serem avaliados. Como instrumentos para a coleta de dados foi utilizado um questionário sociodemográfico e um roteiro de entrevista semiestruturado. Os dados sociodemográficos foram analisados pelo método simples da técnica estatística de percentual e os discursos foram analisados utilizando-se a técnica de análise de conteúdo proposta por Bardin. Os resultados obtidos demonstraram que a maioria dos participantes era do sexo feminino (70%), com faixa etária predominante de 70 a 79 anos (55%), casados (45%), nível de escolaridade variando entre ensino fundamental incompleto (65%), ensino médio (20%) e autointitulados analfabetos (15%), religião católica (100%). Em relação aos conteúdos analisados, foram organizados em quatro categorias: 1) O olhar dos idosos sobre o processo de envelhecimento, destacando as seguintes unidades de registro: dependência, sofrimento, resiliência; 2) Estratégias de enfrentamento, apresentando as unidades de registro: convivência grupal, capacidade funcional, alteridade divina; 3) A percepção sobre a morte e o morrer, elencou as unidades de registro: processo natural, religiosidade e medo; 4) Relação entre o envelhecimento e a morte, com as unidades de registro: concretude, vontade divina, ciclo da vida. A construção desse estudo permitiu um olhar reflexivo ao processo de envelhecimento e da morte e a compreensão de seus significados para um grupo de idosos. Desvelou-se que o envelhecer e a morte se constituem num processo natural da existência humana, porém nem sempre aceito pelos seres que o vivenciam. Dessa forma, dialogar sobre o processo de envelhecimento e a morte possibilita uma compreensão do ser e suas dimensões sociais, culturais, psicológicas e espirituais.
Abstract: The aging process takes place individually, producing psychological, biological , social and economic impacts. Thus, the perception of aging is very individual, and is related to experiences and how it is perceived by the subject who experiences. The complexity, the acceptance of difficulty and the ban on discussing the finitude of life hinder the development of fear of death and dying process, both at the individual and family environments. Considering the difficulty in treating about finitude, especially with the elderly, the present study aimed to analyze the perception of the elderly about the aging process and its relationship to death and dying , how they deal with these changes and attitudes expressed on these facts and more specifically understand about the concept of aging and death for the elderly; identify how the elderly deal with aging changes and what its relationship to death and dying; relate the attitudes manifested aging and death; identify the various meanings of death for the elderly. This is an exploratory descriptive study of quantitative and qualitative nature. The specific field of study of this research was in an environment of living of the elderly in the city of Cajazeiras / PB Group of Pastoral of the Elderly of the Pastoral da São João Bosco - GPI. The sample consisted of 20 subjects, aged 60 years or older, able to communicate verbally, without dementiating characteristics or mental disorders, participate in social group for at least six months, be able to understand the purpose of research and take part in the study. The sampling was non probabilistic for convenience, the elements of the sample were chosen for being the most accessible or easy to be evaluated. As instruments for data collection was used a sociodemographic questionnaire and a semistructured interview guide. Demographic data were analyzed by the simple method of percentage of statistical technique and the speeches were analyzed using content analysis technique proposed by Bardin. The results showed that the majority of participants were female ( 70%), with predominant age group 70-79 years (55%), married ( 45%), level of education ranging from incomplete primary education (65%), high school (20%) and illiterate autointitulados (15%), Catholicism (100%). In relation to the analyzed contents were organized into four categories: 1) The look of the elderly about the aging process, highlighting the following reporting units: dependenc , suffering, resilience; 2) Coping strategies, with the registration units: group living, functional capacity, divine otherness; 3 ) The perception of death and dying, listed the record units: natural process, piety and fear; 4) Relationship between aging and death, with the registration units: concreteness, divine will, the life cycle. The construction of this study allowed a reflective look at aging and death and the understanding of their meaning for a group of elderly. It unveiled the aging and death are a natural process of human existence, but not always accepted by beings who experience it. Thus, talk about the process of aging and death enables an understanding of being and their social, cultural, psychological and spiritual dimensions.
Keywords: Envelhecimento e morte
Morte na visão dos idosos
Morrer
Aging and Death
Death in the Elderly's Vision
Die
???metadata.dc.subject.cnpq???: Enfermagem.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/7711
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RÔMULO ALEXANDRE DE ABREU. TCC. BACHARELADO EM ENFERMAGEM. 2016.pdfRômulo Alexandre de Abreu. TCC. Bacharelado em Enfermagem. 2016.1.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.