Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/7833
Title: Gêneros argumentativos e o agir docente: (re) configurando concepções e planejamentos para o ensino de escrita.
Other Titles: Argumentative genres and the acting teacher: (re) configuring conceptions and planning for the teaching of writing.
???metadata.dc.creator???: ROCHA, Luciana Vieira Alves.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: ALVES, Maria de Fátima.
???metadata.dc.contributor.referee1???: RAMOS, Fabiana.
???metadata.dc.contributor.referee2???: REINALDO, Maria Augusta Gonçalves de Macedo.
Keywords: Gêneros na Ordem do Argumentar;Genres in the Order of Arguing;Ensino da Escrita;Teaching of Writing;Ensino-Aprendizagem;Teaching-Learning;Formação de Professores;Teacher Training;Interacionismo Sóciodiscursivo;Socio-Discursive Interactionism;Formação Continuada;Gêneros Textuais;Didatização de Gênero;Continuing Education;Textual Genres;Gender Didacticization
Issue Date: Jul-2017
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: ROCHA, Luciana Vieira Alves. Gêneros argumentativos e o agir docente: (re) configurando concepções e planejamentos para o ensino de escrita. 2017. 149 f. (Dissertação de Mestrado em Letras), Programa de Pós-graduação em Linguagem e Ensino, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: Apesar de não serem tão recentes as discussões teóricas acerca da necessidade de se desenvolver as capacidades argumentativas dos alunos, ainda é perceptível uma práxis de ensino que pouco contribui para o desenvolvimento destas capacidades, por ser baseada no ensino de estrutura de gêneros, que não possibilita ao aluno desenvolver suas habilidades discursivas. Elegendo essa problemática do ensino da argumentação, esta pesquisa delimitou como objeto de estudo as práticas docentes para o ensino da produção escrita de gêneros da esfera do argumentar. O presente estudo tem como objetivo geral investigar o agir dos professores no que concerne ao trabalho com gêneros argumentativos, visando auxiliá-los em uma possível (re) configuração de práticas de ensino-aprendizagem da escrita. Para nortear o processo de investigação, delineamos os seguintes objetivos específicos: 1) Identificar as concepções teóricas dos docentes sobre gêneros da ordem do argumentar; 2) Analisar propostas/planejamento de ensino da escrita de gêneros argumentativos por parte de professores do Ensino Médio; e 3) Refletir sobre a (re) configuração do agir docente prescrito (o planejamento didático) em um curso de formação continuada acerca do ensino de gêneros argumentativos. 4) Discutir os resultados obtidos no curso de formação continuada no que diz respeito ao planejamento e elaboração de materiais didáticos. Três eixos teóricos fundamentam o presente estudo, o primeiro ancora-se nos estudos e modelos de análise textual do Interacionismo Sociodiscursivo (ISD) (BRONCKART, 1997, 2008, 2010), bem como nos estudos de (BAKHTIN, 1997) e (ADAM, 1992); o segundo eixo traz o modelo didático de gêneros através dos estudos de (DOLZ e SCHNEUWLY, 2004) e outros colaboradores; o terceiro eixo remete aos estudos que interpretam as ações docentes como as Ciências do trabalho e os postulados do ISD para a investigação do trabalho por meio do agir docente de (BRONCKART, 2006); (MACHADO, 2007); (MEDRADO, 2011); (LOUSADA, 2006). A pesquisa se caracteriza qualitativa de cunho etnográfico e de caráter colaborativo. Foi desenvolvida no contexto de um curso de formação continuada a partir da utilização dos seguintes instrumentos e técnicas: a entrevista, a observação participante, o diário de campo e a sessão reflexiva. Os sujeitos colaboradores foram cinco professores de Língua Portuguesa que lecionam no Ensino Médio da rede pública de um município do interior paraibano. O corpus foi constituído a partir de três etapas da pesquisa (Etapa de sondagem ou diagnóstica, Etapa de intervenção ou formativa e Etapa conclusiva). A análise dos dados evidenciou contradições e distanciamentos entre as concepções apresentadas, os planejamentos e as atividades realizadas em sala de aula pelos sujeitos colaboradores da pesquisa. Encontrarmos no discurso dos professores e nas atividades planejadas a concepção de gênero como ferramenta de comunicação com sentido; como texto do cotidiano com função social e como tipo de texto. Os resultados também evidenciaram que, frente a um Curso de Formação Continuada, os sujeitos colaboradores elaboraram sua própria sequência didática, e conseguiram desenvolver atividades que envolvem as capacidades de linguagem requeridas dos alunos no processo de compreensão do gênero textual, mostrando que esse instrumento didático se configura como uma ferramenta de autoregulação da prática docente.
Abstract: Although the theoretical discussions about the need to develop students' argumentative abilities are not so recent, there is still a teaching practice that contributes little to the development of these abilities, based on the teaching of gender structure, which does not enable students to develop their own discursive skills. This research focused on the problematic to teach argumentation, and determined as its object of study the practices for the teaching of the written production of genres in the sphere of the argument. The present study had the overall objective to investigate the teachers' actions regarding their work with argumentative genres, in order to assist them in a possible (re) configuration of writing teaching-learning practices. We outlined the following specific objectives to guide the research, 1) Identify the theoretical conceptions of teachers about genres in the sphere of the argument; 2) Analyze teaching proposals/plans on the writing of argumentative genres by high school teachers; And 3) Reflect on the (re) configuration of the prescribed teaching activity (didactic planning) in a course of continuing education about the teaching of argumentative genres. The theoretical foundations of this study are anchored in the theoretical model of Sociodiscursive Interactionism (SDI) of Bronckart (1997, 2008, 2010); Dolz and Schneuwly (2004) and collaborators, as well as in the studies of Bakhtin (1997) and Adam (1992) on the notion of genres, and in the studies on the argumentative sequence of Bronckart (1999) and Adam (1992), besides the teaching of writing based on the genres of the argumentative sphere of Souza (2003), Oliveira (2010), and Kersch (2014) among others, in conjunction with the studies of the work Sciences and the postulates of the SDI for the investigation of the work through the teaching practice of Bronckart (2006); Machado (2007); Medrado (2011); Lousada (2006). The research of a qualitative nature of ethnographic characteristics as well as collaborative features was developed from the use of research instruments and techniques, such as the interview, participant observation, field diary and reflective session. Five high school teachers of Portuguese language from the public educational system in Fagundes-PB were the collaborating subjects of the research. The corpus was constituted considering three stages of it (probing or diagnostic, intervention or formative and conclusive phases). The analysis of the data showed contradictions and gaps among the conceptions presented, the plans, and the activities carried out in the classroom by the collaborating subjects of the research. The discourse of the teachers presented us with the conception of gender as a communication tool that has meaning, as an everyday text with a social function, and as a type of text. Results also showed that the collaborating subjects elaborated their own didactic sequence within the Continuing Education Course, and managed to develop activities that involved the required language abilities from the students in the process of comprehension of the textual genre, showing that this didactic instrument can be configured as a tool for self-regulation of the teaching practice.
Keywords: Gêneros na Ordem do Argumentar
Genres in the Order of Arguing
Ensino da Escrita
Teaching of Writing
Ensino-Aprendizagem
Teaching-Learning
Formação de Professores
Teacher Training
Interacionismo Sóciodiscursivo
Socio-Discursive Interactionism
Formação Continuada
Gêneros Textuais
Didatização de Gênero
Continuing Education
Textual Genres
Gender Didacticization
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ensino-Aprendizagem
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/7833
Appears in Collections:Mestrado em Linguagem e Ensino.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LUCIANA VIEIRA ALVES ROCHA - DISSERTAÇÃO POSLE 2017.pdfLuciana Vieira Alves Rocha - Dissertação POSLE 20171.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.