Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/8576
Title: O (a) profissional da enfermagem e a assistência à criança vítima de violência sexual.
Other Titles: The nursing professional and the assistance to the child victim of sexual violence.
???metadata.dc.creator???: SANTOS, Graziela Leite dos.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: FERREIRA, Erliane Miranda da Rocha.
???metadata.dc.contributor.referee1???: COSTA, Iluska Pinto da.
???metadata.dc.contributor.referee2???: CARTAXO, José Normando Lopes da.
Keywords: Acolhimento - crianças violentadas sexualmente;Cuidados - enfermagem;Assistência - violência sexual;Violência sexual infantil;Enfermagem - currículo;Reception - Sexually Abused Children;Nursing Care;Assistance - Sexual Violence;Child Sexual Violence;Nursing - Curriculum
Issue Date: 31-May-2016
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SANTOS, Graziela Leite dos. O (a) profissional da enfermagem e a assistência à criança vítima de violência sexual. 2016. 72f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Centro de Formação de Professores, Universidade Federal de Campina Grande, Cajazeiras, Paraíba, Brasil, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: O acolhimento e o cuidado à criança violentada sexualmente são considerados parte de uma ação multiprofissional, caracterizada pelo desafio de equalizar procedimentos técnico- burocráticos e assistência humanizada. Apesar de ser patente a legitimidade do (a) profissional da Enfermagem na lida com o sofrimento alheio, permanecem latentes os melindres de sua participação nesta ação. Este estudo propôs uma investigação com enfoque qualitativo, acerca dos aspectos subjetivos que mobilizam a abordagem assistencial do (a) profissional da Enfermagem à criança sexualmente vitimizada. Houve a formação da rede de sujeitos de pesquisa que se constituiu com seis enfermeiras dos serviços: Atenção Básica, maternidade e setor administrativo do Hospital Regional de Cajazeiras (HRC). Desse modo o critério de inclusão foi o profissional ter prestado assistência a criança vitimizada sexualmente, logo o critério de exclusão foi não ter prestado esse tipo de assistência. Os dados foram coletados através de entrevistas semiestruturadas e interpretados à luz de análise temática. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Campina Grande, sob o parecer de nº 1.510.471. Destacam-se entre os resultados obtidos: i) a relevância da experiência da maternidade no desempenho deste tipo de assistência; ii) a carência curricular da Enfermagem no que toca a abordagem e a preparação para a lida com o fenômeno da violência sexual infantil; iii) a relação entre as limitações auto-impostas pelos (as) profissionais da Enfermagem na prestação desta assistência e a incerteza de contar com apoio do sistema no qual se encontra inserido (a), em caso de adoecimento psicoafetivo em decorrência deste tipo de atendimento.
Abstract: The welcoming and the care to sexual violent children are considerated, part of a multiprofessional action, characterized by the challenge of balancing technical and bureaucratic procedures and humanized care. Despite being patent the legitimacy of (a) Professional Nursing in dealing with the suffering of others, remain dormant the squeamishness of their participation in this action. This study proposed a research with qualitative approach about the subjective aspects that mobilize the care approach (a) professional nursing to sexually victimized child. There was the formation of research subjects network that was formed with six nurses Services: Primary Care, Maternity and administrative Hospital Regional de Cajazeiras (HRC) sector. This way the inclusion criterion was the professional have assisted the child sexually victimized. Data were collected through the application of semi-structured interviews and analyzed under a perspective qualitative, thematically. The study was approved by the Ethics Committee of the Universidade Federal de Campina Grande, in the opinion No. 1.510.471. Stand out among the results: i) the relevance of motherhood experience in performance of this type of assistance; ii) the lack of nursing curriculum regarding the approach and preparation for dealing with the phenomenon of child sexual violence; iii) the relationship between the self-imposed limitations by (the) nursing professionals in the provision of this assistance and the uncertainty of relying on system support in which it is inserted (a) in the case of psycho-affective illness as a result of this type of care.
Keywords: Acolhimento - crianças violentadas sexualmente
Cuidados - enfermagem
Assistência - violência sexual
Violência sexual infantil
Enfermagem - currículo
Reception - Sexually Abused Children
Nursing Care
Assistance - Sexual Violence
Child Sexual Violence
Nursing - Curriculum
???metadata.dc.subject.cnpq???: Enfermagem.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/8576
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GRAZIELA LEITE DOS SANTOS. TCC. BACHARELADO EM ENFERMAGEM. 2016.pdfGraziela Leite dos Santos. TCC. Bacharelado em Enfermagem. 2016.2.43 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.