Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/8830
Title: Perspectivas (pós) coloniais no romance Drácula.
Other Titles: (Post) Colonial Perspectives in the Novel Dracula.
???metadata.dc.creator???: COSTA, Érica Nayara da Silva.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: DIAS, Daise Lilian Fonseca.
???metadata.dc.contributor.referee1???: QUEIROGA, Marcílio Garcia de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SOUSA, Elri Bandeira de.
Keywords: Análise literária;Literatura;Pós-colonialismo;Drácula;Stoker, Bram;Gótico;Relações de gênero;Literary analysis;Literature;Postcolonialism;Dracula;Gothic;Gender Relations
Issue Date: 14-Mar-2018
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: COSTA, Érica Nayara da Silva. Perspectivas (pós)coloniais no romance Drácula. 2018. 79f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Letras-Língua Inglesa) - Centro de Formação de Professores, Universidade Federal de Campina Grande, Cajazeiras, Paraíba, Brasil, 2018.
???metadata.dc.description.resumo???: Os estudos póscoloniais podem ser entendidos como uma área das ciências humanas que analisa as relações entre os países chamados de Império e suas colônias; como a colonização afetou esses ambientes, e como a literatura retrata estas questões. Diante disso, o presente trabalho busca analisar sob uma perspectiva póscolonial, a obra gótica Drácula (1897), escrita pelo irlandês Bram Stoker (1847 – 1912). A história que narra a viagem do inglês Jonathan Harker à região dos Cárpatos mostra, por exemplo, como homens, mulheres de diferentes regiões do continente eram tratados pelo olhar imperialista vitoriano. Neste contexto, analisam-se também as relações de oposição entre Inglaterra e Irlanda; as relações de gênero, notadamente o papel da mulher; o contexto de escrita da obra, a Transilvânia e Inglaterra. Este trabalho consiste também em uma pesquisa bibliográfica e analítica, acerca da vida e obra de Stoker, aplicando ao corpus literário escolhido, as teorias póscoloniais. Para fundamentar a análise, contaremos com o aporte teórico de Bonnici (2000), Spivak (2010), Said (2011), Césaire (1978), dentre outros.
Abstract: Postcolonial studies can be understood as a area of human sciences which analyzes the relations between the countries called Empire and their colonies; as a colonization affected these environments, and how literature portrays such issues. Thus, this paper analyze from a postcolonial perspective the Gothic novel Dracula (1897), written by the Irish writer Bram Stoker (1847 - 1912). The story that tells of the journey of the Englishman Jonathan Harker to the Carpathian region shows, for example, how European men and women from different parts of the continente were treated by the imperialista Victorian gaze. In this context, is analyzed the relations of opposition between England and Ireland; genderrelations, notably the role of woman; the writing context of the novel, Transylvania and England. This paper consists also of a bibliographical and analytical feature about the life and work of Stoker, applying to the chosen literary corpus, the postcolonial theories. For such na enterprise, we will use the theoretical suport of Bonnici (2000), Spivak (2010), Said (2011), Césaire (1978), among others.
Keywords: Análise literária
Literatura
Pós-colonialismo
Drácula
Stoker, Bram
Gótico
Relações de gênero
Literary analysis
Literature
Postcolonialism
Dracula
Gothic
Gender Relations
???metadata.dc.subject.cnpq???: Letras- Língua Inglesa.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/8830
Appears in Collections:Curso de Licenciatura em Letras - Língua Inglesa

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ÉRICA NAYARA DA SILVA COSTA. TCC. LICENCIATURA EM LETRAS- LÍNGUA INGLESA. 2018.pdfÉrica Nayara da Silva Costa. TCC. Licenciatura em Letras- Língua Inglesa. 2018.982.03 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.