Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/8933
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creator.IDEVANGELISTA, M. A. A.pt_BR
dc.contributor.advisor1VITAL, Adriana de Fátima Meira.
dc.contributor.advisor1IDVITAL, A. F. M.pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5317087265969022pt_BR
dc.contributor.referee1COELHO, Glauciane Danusa.
dc.contributor.referee2SILVA, Sônia Maria Lira.
dc.description.resumoOs temas ambientais têm, nos últimos tempos, ocupado grande espaço na nossa sociedade: degradação do solo, poluição da água, aquecimento global, falta de saneamento básico, lixo, dentre tantas outras situações, levam a inúmeras reflexões quanto a responsabilidade de cada um na construção do desenvolvimento sustentável, desde que o consumismo desenfreado, gerando atitudes insanas e por demais inconseqüentes, evidencia-se na situação de esgotamento dos recursos naturais. A escola é um espaço aberto a essas reflexões e é necessário, senão urgente, que a comunidade escolar desperte para a realidade dos problemas que permeiam o seu habitat e desenvolva campanhas que defendam o Meio Ambiente, trabalhando de forma conscienciosa a abordagem da Educação Ambiental (EA). A presente pesquisa foi conduzida em duas escolas da rede pública estadual de Sumé-PB e objetivou avaliar a percepção de educandos, professores e administradores sobre a EA e a possibilidade de contextualizar os temas para a convivência com o Semiárido. Os resultados apontam que a EA não está inserida nos conteúdos programáticos das disciplinas de forma sistematizada, que os professores não recebem apoio para uma formação continuada na temática ambiental e que não contextualizam os conteúdos de sala para a convivência com o Semiárido, que as equipes pedagógicas consideram que falta integração com o corpo docente para o desenvolvimento dos projetos de EA e que os alunos são carentes de conhecimentos relativos a questão ambiental, porém receptivos à discussão de assuntos da sua realidade em relação à EA.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCentro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido - CDSApt_BR
dc.publisher.initialsUFCGpt_BR
dc.titleA percepção da educação ambiental na rede estadual de ensino do município de Sumé-PB.pt_BR
dc.date.issued2011
dc.description.abstractEnvironmental themes never occupied so much space in our society: soil degradation, water pollution, global warming, lack of basic sanitation, garbage, among so many other situations, lead to numerous reflections on the responsibility of each one in the construction of sustainable development. The frenzied consumerism, generating insane attitudes and by other inconsequent, highlights the situation of depletion of natural resources. The school is a space open to these reflections, and it is necessary, if not urgent, that the school community wake up to the reality of the problems that permeate their habitat and develop campaigns to defend the environment, working conscientiously environmental education approach (EA). This survey was conducted in two schools statewide public network Sumé-PB and sought to evaluate the perception of students, teachers and administrators about environmental education and the opportunity to contextualize the themes for co-existence with the Semi-arid. The results suggest that EA is not inserted in the syllabus of the disciplines, that teachers do not receive support for a continued training in environmental thematic and contextualize the content room to coexistence with the semiarid the pedagogical teams believe that lack of integration with the Faculty for the development of EA projects and that students are lacking knowledge of the environmental issue, However are receptive to different methodologies and open to discuss issues of its reality in relation to EA.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/8933
dc.date.accessioned2019-11-07T10:34:52Z
dc.date.available2019-11-07
dc.date.available2019-11-07T10:34:52Z
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.subjectEducação ambientalpt_BR
dc.subjectSemiáridopt_BR
dc.subjectEducação contextualizadapt_BR
dc.subjectEnvironmental education  pt_BR
dc.subjectSemiaridpt_BR
dc.subjectContextualized education  pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.creatorEVANGELISTA, Maria Auxiliadora Alves.
dc.publisherUniversidade Federal de Campina Grandept_BR
dc.languageporpt_BR
dc.title.alternativeThe perception of environmental education in the state school system of the city of Sumé-PB.pt_BR
dc.identifier.citationEVANGELISTA, Maria Auxiliadora Alves. A percepção da educação ambiental na rede estadual de ensino do município de Sumé-PB. 2011. 71f. (Trabalho de Conclusão de Curso – Monografia), Curso de Especialização em Educação Contextualizada para Convivência com o Semiárido, Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, Universidade Federal de Campina Grande, Sumé – Paraíba – Brasil, 2011. Disponível em: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/8933pt_BR
Appears in Collections:Especialização em Educação Contextualizada para Convivência com o Semiárido.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARIA AUXILIADORA ALVES EVANGELISTA - TCC ESP. EDUCAÇÃO CONTEXTUALIZADA 2011.pdfMaria Auxiliadora Alves Evangelista - TCC Esp. Educação Contextualizada 2011. 2.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.