Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/9268
Title: Casos de dengue diagnósticados no laboratório de biologia molecular (biomol) do Hospital Universitário Alcides Carneiro, Campina Grande/PB.
Other Titles: Dengue cases diagnosed in the molecular biology laboratory (biomol) of the University Hospital Alcides Carneiro, Campina Grande / PB.
???metadata.dc.creator???: PINTO, Vanessa Silva.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: CARMO, Egberto Santos.
???metadata.dc.contributor.referee1???: LEON, Carlos Marcio Ponce de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: LIMA, Igara Oliveira.
Keywords: Epidemiologia;Dengue;Aedes aegypti;Epidemiology
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: PINTO, Vanessa Silva. Casos de dengue diagnósticados no laboratório de biologia molecular (biomol) do Hospital Universitário Alcides Carneiro, Campina Grande/PB. 2014. 48 fl. (Trabalho de Conclusão de Curso – Monografia), Curso de Bacharelado em Farmácia, Centro de Educação e Saúde, Universidade Federal de Campina Grande, Cuité – Paraíba – Brasil, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: A dengue é uma doença infecciosa de caráter emergente no mundo inteiro, onde 55% da população mundial esta sob o risco de contrair esta enfermidade. A propagação da doença surge como um subproduto da urbanização acelerada e sem planejamento tornando-se um grave problema de saúde pública. Clinicamente apresenta-se como doença aguda e sistêmica, causada por quatro sorotipos distintos; DENV 1-4. O mais importante vetor dos vírus é o mosquito Aedes aegypti. O comprometimento clínico causado no paciente traz a necessidade de um diagnóstico laboratorial, que se divide em específico e não específico. Dentro do diagnóstico específico destaca-se a técnica ELISA, método que além da facilidade de uso, dispõe de alta sensibilidade. Neste estudo identificou-se a ocorrência dos casos de dengue registrados no laboratório de Biologia Molecular (BIOMOL) do Hospital Universitário Alcides Carneiro em Campina Grande/PB. Tratou-se de uma pesquisa do tipo exploratória, descritiva e analítica, com abordagem quantitativa, na qual foram avaliados dados como o tipo de marcador IgM e IgG, a sazonalidade, o sexo e faixa etária no período estudado maio/2010 a maio/2011. Observou-se que de 145 indivíduos, 68% apresentaram resultado positivo para dengue, 100% apresentaram anticorpo IgM detectado pelo método ELISA. Quanto ao sexo 56,1% eram do sexo feminino. A faixa etária mais acometida foi de 30-34 anos e quanto à sazonalidade, maio/2011 foi o período de maior detecção de casos. Dessa forma, podemos observar que o padrão de sazonalidade corresponde ao período mais quente e úmido, típico para proliferação do mosquito. Estudo importante também no direcionamento de medidas de prevenção e controle da doença, uma vez que, com os resultados obtidos percebeu-se que Campina Grande apresenta um clima favorável para a proliferação da dengue e a situação epidemiológica no município compõe um problema de saúde pública.
Abstract: Dengue is an infectious disease with emerging in the world, where 55% of the world population is at risk of contracting this disease. The spread of the disease arises as a byproduct of rapid urbanization and unplanned becoming a serious public health problem. Clinically presents as acute and systemic disease caused by four distinct serotypes; DENV 1-4. The most important vector of the virus is the mosquito Aedes aegypti. The clinical commitment caused to the patient brings the need for a laboratory diagnosis, which is divided into specific and non-specific. Within the specific diagnosis highlights the ELISA, method that even the ease of use, has high sensitivity. This study evaluated the occurrence of dengue cases recorded in the Molecular Biology Laboratory (BIOMOL), of the University Hispital Alcides Carneiro in Campina Grande/PB. This is an exploratory research, descriptive and analytic, with quantitative approach, in which data were evaluated as the marker type IgM and IgG, seasonality, gender and age group during the study period in may/2010 to may/2011. It was observed that of 145 individuals, 68% were positive for dengue, 100% had IgM antibody detected by ELISA method. Regarding to gender 56,1% were female. The most affected age group was 30-34 years and as seasonality, may/2011 was the period of highest case detection. This way, we can observe that the pattern of seasonality corresponds to the hot and humid, typical for mosquito proliferation period. Study also important in targeting and disease control, once, with the results we noticed that Campina Grande has a favorable climate for the spread of dengue and the epidemiological situation in the municipality composes a public health problem.
Keywords: Epidemiologia
Dengue
Aedes aegypti
Epidemiology
???metadata.dc.subject.cnpq???: Farmácia
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/9268
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VANESSA SILVA PINTO - TCC FARMÁCIA 2014.pdfVANESSA SILVA PINTO - TCC FARMÁCIA 2014952.29 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.