Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/9518
Title: Dor oncológica: perfil clínico e sociodemográfico de adolescentes com câncer.
Other Titles: Cancer pain: clinical and sociodemographic profile of adolescents with cancer.
???metadata.dc.creator???: OLIVEIRA, Jessica Mayara da Silva.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: AGRA, Glenda.
???metadata.dc.contributor.referee1???: ANDRADE, Lidiane Lima de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SANTOS, Nathanielly Cristina Carvalho de Brito.
Keywords: Neoplasias;Adolescente;Dor;Dor nociceptiva;Neoplasms;Adolescents;Pain;Nocicptiva pain
Issue Date: 2014
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: OLIVEIRA,Jessica Mayara da Silva. Dor oncológica: perfil clínico e sociodemográfico de adolescentes com câncer. 2014. 89 fls. (Trabalho de Conclusão de Curso – Monografia), Curso de Bacharelado em Enfermagem, Centro de Educação e Saúde, Universidade Federal de Campina Grande, Cuité – Paraíba – Brasil, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: O câncer é um conjunto de vários tipos de doenças que têm em comum o crescimento desordenado das células, ocasionando a invasão de tecidos e órgãos. Suas causas podem ser externas ou internas ao organismo. O câncer é descrito como um problema de saúde pública que atinge todo o mundo, incluindo assim, crianças e adolescentes. O diagnóstico do câncer em adolescentes torna-se um dos momentos mais estressantes desenvolvendo neles, sentimentos como angústias, dúvidas e medo pela probabilidade de morrer. Além destas implicações psicológicas, o câncer é responsável também por uma gama de sintomas físicos, onde a dor é considerada um dos mais devastadores. Diante dessa realidade, o presente estudo trata de uma pesquisa exploratória, descritiva e quantitativa que teve como objetivo investigar a percepção dos adolescentes diagnosticados com câncer sobre a dor e identificar os cuidados que os mesmos recebem para controlar esse sintoma tão perturbador. A amostra desta pesquisa foi constituída por oito adolescentes diagnosticados com diferentes neoplasias malignas em um Hospital Universitário da Paraíba, entre os meses de janeiro e fevereiro de 2014. Os dados coletados através das entrevistas realizadas e da análise de cada prontuário foram divididos em cinco etapas seguindo uma ordem de caracterização, onde as mesmas foram demonstradas por meio de gráficos utilizando o programa Microsoft Excel 2007. Neste trabalho, percebe-se que o gênero masculino é o mais atingido, com 75%, tendo como faixa etária mais prevalente as idades entre 12 a 14 anos (75%). A leucemia foi a neoplasia que apresentou maior predominância com 62,5%, principalmente no gênero masculino; a dor cônica foi a mais prevalente, representada por 62,5%, principalmente nos membros inferiores. A mudança na vida diária que mais atinge os adolescentes é o absenteísmo escolar e a maioria dos adolescentes descreve a dor como sendo um sentimento de tristeza.
Abstract: Cancer is a collection of various types of diseases that have in common the uncontrolled growth of the cells, leading to the invasion of tissues and organs. Its causes can be external or internal to the body. The cancer is described as a public health problem that affects the entire world, thus including children and adolescents. The diagnosis of cancer in adolescents becomes one of the most stressful moments for the same, developing them, feelings of anxiety, doubt and fear by the probability of dying. Beyond these psychological implications , cancer is also responsible for a range of physical symptoms, where the pain is considered one of the most devastating cancer behind much suffering , and with so many symptoms that it causes , can highlight cancer pain as the most devastating symptom. Given this reality, the present study is an exploratory , descriptive and quantitative study aimed to investigate the perceptions of adolescents diagnosed with cancer about pain and identify the care that they receive for control decrease this symptom as disturbing . The sample was composed by through eight interviews conducted with adolescents diagnosed with different malignancies at the University Hospital of Paraíba, in the period d between January and February 2014. The data collected through the interviews and the analysis of each chart were divided into five stages according to the order and characterization, where they have been demonstrated through graphs using Microsoft Excel 2007. In this work, we realize that the male gender is the hardest hit, with 75 % being the most prevalent age group AGES 12 to 14 years (75%). The FOI Leukemia neoplasms with the highest prevalence at 62.5 %, mainly in males; conic pain was the most prevalent, represented by 62.5 % , mainly in the lower limbs . The change in daily life that most affects teens school absenteeism is the absence in school and most teenagers describes the pain as a feeling of sadness.
Keywords: Neoplasias
Adolescente
Dor
Dor nociceptiva
Neoplasms
Adolescents
Pain
Nocicptiva pain
???metadata.dc.subject.cnpq???: Enfermagem de Saúde Pública
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/9518
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JÉSSICA MAYARA DA SILVA OLIVEIRA - TCC ENFERMAGEM 2014.pdfJÉSSICA MAYARA DA SILVA OLIVEIRA - TCC ENFERMAGEM 20141.79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.