Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/959
Title: Secagem em camada de espuma da polpa de cajá.
Other Titles: Foam mat drying of the cajá pulp.
???metadata.dc.creator???: FERNANDES, Tâmila Kassimura da Silva.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: FIGUEIRÊDO, Rossana Maria Feitosa de.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: QUEIROZ, Alexandre José de Melo.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SILVA, Osvaldo Soares da.
???metadata.dc.contributor.referee2???: GOMES, Josivanda Palmeira.
Keywords: Spondias lutea L.;Reologia;Polpa de cajá - desidratação;Desidratação de polpa;Secagem em camada de espuma;Planejamento experimental fatorial;Foam-mat drying proce;Experimental factorial design
Issue Date: Dec-2010
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: FERNANDES, Tâmila Kassimura da Silva. Secagem em camada de espuma da polpa de cajá. 2010. 170f. (Dissertação de Mestrado em Engenharia Agrícola), Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola, Centro de Tecnologias e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande – Paraíba – Brasil, 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de desidratar a polpa de cajá através do processo de secagem em camada de espuma e analisar, através do planejamento experimental fatorial, o produto em pó obtido. Três formulações foram elaboradas com a polpa de cajá integral e três diferentes concentrações do emulsificante Emustab® (1, 2 e 3%), e uma concentração fixa do aditivo Super Liga Neutra (2%), as quais foram agitadas em batedeira durante 15 minutos, formando espuma. A polpa de cajá e as formulações foram caracterizadas quanto aos parâmetros químicos, físicos e físico-químicos. As Formulações (espumas) 1, 2 e 3 foram desidratadas em estufa com circulação forçada de ar, nas temperaturas de 60, 70 e 80 °C e com espessura da camada de espuma de 0,5; 1,0 e 1,5 cm. Os modelos de Page, Henderson & Pabis e Cavalcanti Mata foram ajustados aos dados experimentais das curvas de secagem. Os pós obtidos ao fim do processo de secagem foram analisados quanto aos parâmetros teor de água, °Brix, pH, acidez, açúcares (redutores, totais e não-redutores), ácido ascórbico, cinzas, cor, atividade de água e rendimento, com a finalidade de se avaliar a influência da temperatura de secagem, espessura da camada de espuma e da concentração de Emustab, através do planejamento experimental fatorial. Determinou-se a isoterma de adsorção de água a 25 °C, da melhor amostra em pó selecionada através do planejamento fatorial, e a ela se ajustaram os modelos de GAB, Oswin e Peleg. Com os resultados obtidos neste trabalho verificou-se que a polpa de cajá integral é ácida e pode ser considerada fonte de vitamina C; trata-se de um fluido pseudoplástico, em que o modelo de Herschel Bulkley foi o que melhor se ajustou aos dados experimentais. Avaliando-se os parâmetros de massa específica, expansão volumétrica e estabilidade da espuma, as três formulações estudadas (1, 2 e 3) se apresentaram dentro dos padrões de secagem em camada de espuma; verificou-se a influência dos aditivos nas características da polpa integral e as espumas apresentaram comportamento pseudoplástico, em que o modelo de Mizrahi-Berk foi o que melhor se ajustou aos dados experimentais. As curvas de secagem das espumas foram influenciadas pela espessura da camada e pela temperatura de secagem. As secagens mais rápidas ocorreram na menor espessura e maior temperatura e apresentaram menor teor de água final; a secagem mais rápida ocorreu na Formulação 3, com maior concentração de Emustab. O modelo de Cavalcanti Mata foi o que melhor se ajustou às curvas de cinética de secagem das espumas. Através do planejamento experimental verificou-se que o melhor pó encontrado foi o do Experimento 2 (polpa de cajá com 3% de Emustab e 2% de Super Liga Neutra; espessura da camada de espuma de 0,5 cm e temperatura de secagem de 60 °C).
Abstract: The cajá pulp was dryed using foam-mat drying process and results were analyzed using the experimental factorial design. Were prepared formulations of cajá pulp with three different concentrations of the emulsifier Emustab® (1, 2 and 3%) and fixed concentration Super Liga Neutra (2%) additive; this mixture was stirred during 15 minutes until the foam formation. AH samples at the end were analyzed for its chemical, physical and physico-chemical properties. The Formulations 1, 2 and 3% were dried in a stove with air circulation at 60, 70 and 80 °C and thickness 0.5; 1.0 and 1.5 cm. The Page, Henderson & Pabis and Cavalcanti Mata models were used to fit the experimental data. The moisture content, °Brix, pH, acidity, sugars (reducing, total and non-reducing sugars), ascorbic acid, ashes, color, water activity and yield of the powder pulp was determined to study the effect of the drying temperature, foam layer thickness and the emulsifier concentration. From these results, the best sample was selected to study the moisture adsorption isotherm at 25 °C, fitting data by the GAB, Oswin and Peleg models. According the results it can be concluded that the whole cajá pulp is acid and could have its applications as a vitamin C source; furthermore is classified as pseudoplastic fluid, whereby its experimental data was best fítted by the Herschel Bulkley model. It can be stated that the density, volumetric expansion and stability of the foam of the three different formulations were in agreement with the drying standards of foam layers. There was an effect of the additives on the properties of the whole pulp as well as on the different formulations, whereby the formulations presented a pseudoplastic behavior, with its experimental data best fitted by the Mizrahi-Berk model. The drying curves were affected by the thickness of the layer and temperature. It was noticed that thinner layers resulted in higher drying rates with a lower final moisture content. The highest drying rate was obtained by the sample with 3% of the emulsifier. The experimental data of the drying process was best fitted by the Cavalcanti Mata model. According to the experimental factorial design the sample with the concentration of 3% of Emustab® and 2% of Super Liga Neutra, dried with a layer thickness of 0.5 cm at a temperature of 60 °C presented the best results.
Keywords: Spondias lutea L.
Reologia
Polpa de cajá - desidratação
Desidratação de polpa
Secagem em camada de espuma
Planejamento experimental fatorial
Foam-mat drying proce
Experimental factorial design
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia Agrícola.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/959
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TÂMILA KASSIMURA DA SILVA FERNANDES - DISSERTAÇÃO PPGEA 2010..pdfTâmila Kassimura da Silva Fernandes - Dissertação PPGEA 2010.32.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.