Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/9645
Title: Práticas cinegéticas em unidades de conservação da floresta Atlântica no Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil.
Other Titles: Kinegetic practices in atlantic forest conservation units in the state of Paraiba, Northeast of Brazil.
???metadata.dc.creator???: BARBOSA, José Aécio Alves.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: AGUIAR, José Otávio.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: ALVES, Rômulo Romeu da Nóbrega.
???metadata.dc.contributor.referee1???: MARTINS, Maria de Fátima.
???metadata.dc.contributor.referee2???: ARAÚJO, Sergio Murilo Santos de.
???metadata.dc.contributor.referee3???: RODRIGUES, André Figueiredo.
???metadata.dc.contributor.referee4???: NASCIMENTO, Douglas Macêdo do.
Keywords: Floresta Atlântica;Caça;Unidades de Conservação;Etnozoologia;História Ambiental;Atlantic Forest;Hunting;Conservation Areas;Ethnozoology;Environmental History
Issue Date: 28-Feb-2019
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: BARBOSA, J. A. A. Práticas cinegéticas em unidades de conservação da floresta Atlântica no Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil. 2019. 260 f. Tese (Doutorado em Recursos Naturais) – Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2019.
???metadata.dc.description.resumo???: A Floresta Atlântica é um dos mais complexos biomas brasileiros, com elevada riqueza de espécies e endemismos. Em contrapartida, é também o bioma com o maior número de espécies ameaçadas. Na Região Nordeste do Brasil essa situação é agravada, havendo menos de 0,5% da cobertura vegetal original da Floresta Atlântica. No Estado da Paraíba, mais de 60% da cobertura florestal foi perdida, restando apenas fragmentos pequenos e dispersos, muitas vezes sobreexplorados, inclusive com atividade cinegética (histórica e culturalmente importante, porém, podendo configurar uma ameaça à biodiversidade local). Diante desse cenário, o presente trabalho registrou, a partir de análise crítica, comparativa e heurística de fontes documentais e relatos orais, bem como através de atividades de campo, as práticas cinegéticas em Unidades de Conservação da Floresta Atlântica no Estado da Paraíba, estabelecendo prioridades de conservação da fauna local para melhor compreender a relação ‘sociedade e natureza’ nessas áreas. O presente estudo avança ao passo que possibilita a integração de aspectos zoológicos, históricos e conservacionistas na determinação das pressões de caça e percepções acerca dos recursos faunísticos nas Unidades de Conservação estudadas. Esse trabalho somou esforços juntamente às principais Instituições Públicas de Ensino Superior do Estado da Paraíba, em conjunto com Órgãos de Proteção e Gestão Ambiental (ICMBio e Polícia Militar Ambiental da Paraíba), no intuito de fomentar a conservação da Floresta Atlântica local, inserindo a Universidade Federal de Campina Grande como participante ativa nessa parceria. Com a divulgação dos dados do presente estudo, espera-se fornecer para a academia científica informações consistentes, que contribuam para reforçar os alicerces da pesquisa em Etnozoologia e História Ambiental. Espera-se também disponibilizar aos órgãos ambientais competentes, informações importantes e inéditas sobre o universo dos habitantes do entorno das Unidades de Conservação estudadas. Almeja-se que o trabalho suscite interesse dos órgãos ambientais pelo conhecimento gerado, utilizando-o no ordenamento e fiscalização das atividades de exploração da fauna, bem como tornando efetivo o envolvimento dos habitantes do entorno das Unidades de Conservação nas discussões sobre a obtenção desses recursos, de forma a contribuir com a conservação das espécies.
Abstract: The Atlantic Forest is one of the most complex Brazilian biomes, with high species richness and endemism. In contrast, it is also the biome with the largest number of endangered species. In the Northeast Region of Brazil this situation is more serious, with less than 0.5% of the original Atlantic Forest. In the state of Paraíba, more than 60% of the forest cover has been lost, leaving only small fragments scattered and over-exploited, including the hunting activity (historically and culturally important locally, but by setting a threat to biodiversity). Before this scenario, we recorded the hunting practices in Conservation Areas of the Atlantic Forest in the State of Paraíba, using as tools some methodologies of ethnozoology, oral history and environmental history, establishing conservation priorities of the local fauna and better understand the relationship between society and nature in these areas. The present study advances while allowing the integration of zoological, historical and conservationist aspects in the determination of hunting pressures and perceptions about fauna resources in the Conservation Areas studied. This work joined forces with the main Public Institutions of Higher Education of the State of Paraíba, together with Environmental Protection and Management Organs (ICMBio and Paraíba Military Environmental Police), in order to promote the conservation of the local Atlantic Forest, including the University Campina Grande as an active participant in this partnership. With the dissemination of the data of the present study, it is hoped to provide the scientific academy with consistent information that will contribute to reinforce the foundations of the research in Ethnozoology and Environmental History. It is also hoped to make available to the relevant environmental agencies, important and unpublished information on the universe of the inhabitants of the surroundings of the Conservation Areas studied. It is hoped that the work will arouse interest of the environmental agencies for the knowledge generated, using it in the planning and inspection of the activities of fauna exploration, as well as making effective the involvement of the inhabitants of the surroundings of the Conservation Areas in the discussions about the obtaining of these resources, in order to contribute to the conservation of the species.
Keywords: Floresta Atlântica
Caça
Unidades de Conservação
Etnozoologia
História Ambiental
Atlantic Forest
Hunting
Conservation Areas
Ethnozoology
Environmental History
???metadata.dc.subject.cnpq???: Conservação da Natureza.
Recursos Florestais.
Recursos Naturais.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/9645
Appears in Collections:Doutorado em Meteorologia.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOSÉ AÉCIO ALVES BARBOSA - TESE (PPGRN) 2019.pdf6.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.