Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/967
Title: Modelo de mensuração da produtividade verde : uma proposta para organizações da indústria de fabricação de calçados.
???metadata.dc.creator???: FERNANDES, Luís Jorge Monteiro.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: FREITAS, Lúcia Santana de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SICSU, Abraham Benzaquen.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SILVA , Ricardo Moreira da.
???metadata.dc.contributor.referee3???: RAMALHO , Angela Maria C.
???metadata.dc.contributor.referee4???: CÂNDIDO , Gesinaldo Ataíde.
Keywords: Mensuração da Produtividade Verde;Faturamento;Custos Sociais e Ambientais;Impactos Sociais e Ambientais;Indicadores;Measurement of Green Productivity;Profit;Social and Environmental Costs;Social and Environmental Impacts;Indicators
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: FERNANDES, L. J. M. Modelo de mensuração da produtividade verde : uma proposta para organizações da indústria de fabricação de calçados. 2016. 255 f. Tese (Doutorado em Recursos Naturais) – Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: A Produtividade Verde (PV) é uma estratégia que tem por base a integração da proteção ambiental com vista à melhoria da produtividade e, com isto, gerar benefícios socioeconômicos, cuja mensuração tem sido feita através do cálculo do Índice de Produtividade Verde (IPV) e do Rácio da Produtividade Verde (RPV). Não obstante a importância dessas métricas no apoio à tomada de decisão, tanto em nível de gestão empresarial como também na definição de políticas públicas, constatou-se que elas não evidenciam a quantificação dos aspectos econômicos e ambientais das unidades industriais, enquanto os aspectos sociais não são considerados, tampouco mensurados, e, por isso, não apresentam uma abordagem integradora das três principais dimensões da sustentabilidade. Nesse âmbito, levando-se em consideração o fato de que a indústria calçadista, apesar de contribuir para a geração de emprego e renda, também se destaca pelos consideráveis impactos sociais e ambientais negativos que a caracterizam, tornando-a, assim, um campo de pesquisa para aplicação de modelos de mensuração, definiu-se como objetivo da pesquisa propor um modelo de mensuração da PV para empresas da indústria de fabricação de calçados concebido a partir da integração das dimensões econômica, ambiental e social da sustentabilidade. O modelo proposto, entre outros aspectos, é composto por uma métrica de cálculo do índice de produtividade verde em nível organizacional (IPVorg), por um método de avaliação do IPVorg e por um framework que suporta a métrica de mensuração de PV em um contexto organizacional. A definição do IPVorg é dado por uma relação matemática definida pela razão entre a produtividade (que ficou determinada pela razão entre o faturamento e os custos do processo produtivo - que incorpora separadamente os custos de produção, custos ambientais e custos sociais) e os impactos (sociais e ambientais). Para calcular os impactos, foram caracterizados 73 indicadores, sendo 39 da dimensão ambiental, divididos em 5 categorias (gestão organizacional; matérias-primas; água e energia; subprodutos; e comunidade), e 34 da dimensão social, agrupados em 6 categorias (legislação e normas; saúde e segurança; recursos humanos; ambiente laboral; comunidade; e clientes e consumidores) e seus respetivos parâmetros de análise. Quanto aos procedimentos metodológicos, trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva, com abordagem qualitativa e quantitativa, apresentando visão de conhecimento construtivista. Os procedimentos de coleta de dados tiveram como base fontes primárias e secundárias, através de instrumentos de coleta que incluem a observação não participante, a entrevista, o questionário e a pesquisa bibliográfica. O modelo foi aplicado empiricamente a partir de uma fábrica de calçados e, com isso, analisaram-se os três tipos de custos e também os índices ambientais e sociais com origem nas atividades da unidade fabril, além dos impactos sociais e ambientais sobre os funcionários, sobre a população das comunidades do entorno e sobre os consumidores. O modelo proposto, além de vir a contribuir para o avanço na literatura sobre PV e suas métricas, também demonstra ser uma importante ferramenta na definição de um quadro norteador de acompanhamento do desempenho das questões econômicas, ambientais e sociais de uma organização e, a partir disso, ter parâmetros de comparação em nível interno de uma organização, como também com outras organizações dentro do setor em que opera.
Keywords: Mensuração da Produtividade Verde
Faturamento
Custos Sociais e Ambientais
Impactos Sociais e Ambientais
Indicadores
Measurement of Green Productivity
Profit
Social and Environmental Costs
Social and Environmental Impacts
Indicators
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências
Recursos Naturais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/967
Appears in Collections:Doutorado em Recursos Naturais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LUÍS JORGE MONTEIRO FERNANDES - TESE (PPGRN) 2016.pdf2.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.