Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/9705
Title: Ser portador de Diabetes Mellitus: do conhecimento ao exercício do direito à saúde.
Other Titles: Being a carrier of Diabetes Mellitus: from knowledge to the exercise of the right to health.
???metadata.dc.creator???: RODRIGUES, Namíbia Ferreira.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: NASCIMENTO, Maria Mônica Paulino do.
???metadata.dc.contributor.referee1???: MOREIRA, Maria Rosilene Cândido.
???metadata.dc.contributor.referee2???: NASCIMENTO , Aissa Romina Silva do.
Keywords: Diabetes Mellitus;Saúde coletiva;Direito à saúde;Public Health;Right to Health
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: RODRIGUES, Namíbia Ferreira. Ser portador de Diabetes Mellitus: do conhecimento ao exercício do direito à saúde. 2012. 88f. Trabalho de Conclusão de Curso ( Bacharelado em Enfermagem) - Centro de Formação de Professores, Universidade Federal de Campina Grande, Cajazeiras, Paraíba, Brasil, 2012.
???metadata.dc.description.resumo???: O Diabetes Mellitus (DM), enquanto síndrome metabólica crônica que acomete um crescente número de pessoas nos países em desenvolvimento e traz consigo uma demanda excedente de atendimentos no sistema de saúde pública, devido às complicações agudas e crônicas, requer uma prática efetiva da assistência primária a seus portadores, de modo a produzir uma visão integral do indivíduo e sua família, que seja capaz de identificar a necessidade de explorar a natureza educativa e, indissociavelmente, a politicidade do cuidado. Devido ao baixo número de registros e referências sobre a temática e tendo em vista o elevado número de portadores de DM na Paraíba e no Brasil, discutir sobre a atualidade do direito à saúde sob a ótica do paciente retrata como estas pessoas estão lidando com o problema de saúde na dimensão política, principalmente em se tratando de atendimento e serviços do SUS. Este trabalho teve como objetivo geral compreender a relação entre conhecimento e o exercício do direito à saúde de portadores de DM no tratamento e controle da patologia. A técnica de pesquisa utilizada foi a de documentação direta, do tipo pesquisa de campo, de caráter descritivo, com abordagem qualitativa, a partir de dados coletados com portadores de DM, através da aplicação de entrevista semiestruturada. A amostra foi composta por 20 indivíduos cuja faixa etária predominante era de maiores de 41 anos, maioria pertencente ao sexo feminino, com escolaridade até o ensino fundamental incompleto e de baixa renda, de classificação predominante do DM tipo 2 e que utilizam hipoglicemiantes orais, obtidos na USF. Apontam poucos conhecimentos acerca de seus direitos enquanto usuários do SUS e buscaram resolutividade das suas demandas primordialmente na Atenção Primária, reduzindo o seu direito à assistência farmacêutica. As dificuldades encontradas no acesso à saúde foram falhas na distribuição de medicamentos e insumos para o tratamento e controle do diabetes, bem como foi perceptível que o quadro de profissionais deixa a desejar na assistência médica e outra problemática foi o custo e a adaptação à dietoterapia, devido, principalmente, às condições socioeconômicas desses indivíduos. O atendimento de enfermagem foi descrito predominantemente como humanizado, mas sugere mudanças na rotina de cuidados às doenças crônicas. A fim de promover mudanças que efetivem o direito à saúde, é preciso que os profissionais saibam dos direitos de seus pacientes e os conduzam a um cuidado emancipatório, realizando as competências bioéticas do cuidar, ao transmitir informações e modular a cidadania destas pessoas.
Abstract: Diabetes Mellitus (DM), while chronic metabolic syndrome that affects a growing number of people in developing countries and brings a surplus of demand attendances in the public health system due to acute and chronic complications, requires an effective practice of primary care the patients, in order to produce a comprehensive view of the individual and his family, who is able to identify the need to explore the nature and education, inextricably, the politics of care. Due to the low number of records and references on the subject and in view of the large number of patients with DM and Paraiba in Brazil, discussing the relevance of the right to health from the perspective of the patient portrays how these people are dealing with the problem health on the political dimension, especially when it comes to service and SUS services. This study aimed to understand the relationship between knowledge and the right to health of DM in the treatment and control of disease. The research technique used was the direct documentation, the type field research was a descriptive, qualitative approach, based on data collected with DM, by applying semi-structured interview. The sample consisted of 20 individuals whose predominant age group was more than 41 years, majority owned by women, with education up to the elementary school and low-income, predominantly classification of type 2 diabetes and oral hypoglycemic drugs, obtained at USF. Indicate little knowledge about their rights as users of the NHS and sought solving their demands primarily in Primary, reducing their right to pharmaceutical care. The difficulties in accessing health were failures in the distribution of medicines and supplies for the treatment and control of diabetes and was noticeable that the professional staff is lacking in health care and other issues was the cost and adaptation to diet therapy due mainly to socioeconomic conditions of these individuals. The nursing care was described as predominantly humanized, but suggests changes in routine care for chronic diseases. In order to promote changes that enforce the right to health, it is necessary that professionals know the rights of their patients and lead to an emancipatory care, conducting skills bioethics of care, to provide information and modulate the citizenship of these people.
Keywords: Diabetes Mellitus
Saúde coletiva
Direito à saúde
Public Health
Right to Health
???metadata.dc.subject.cnpq???: Enfermagem.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/9705
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NAMÍBIA FERREIRA RODRIGUES - TCC ENFERMAGEM 2012.pdf EM ENFERMAGEM. 2012.pdf Namíbia Ferreira Rodrigues. TCC. Bacharelado em enfermagem. 2012770.7 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.